O POP DOS NON TALKERS

Pop. Assim dito poderia parecer fácil. Porque a pop é fácil para o ouvido. No caso dos Non Talkers tudo é descomplicado, também. As músicas têm o brilho da tal pop amiga do ambiente. Mas aqui estamos perante uma pop, que aqui e acolá se cruza com alguma indie folk. Matematicamente, a soma das duas partes dá um resultado a que poderíamos chamar de indie pop.

O que aqui mais nos cativa é a mistura de vozes. Uma masculina, a de Marco Brantner, a outra, a da sua esposa Belga Evita Brantner. O amor está no ar, sente-se.

Non Talkers é um projeto que já tem experiência.  Saltam das raízes dos Brantner que em 2014 gravaram o primeiro disco.  Depois os Brantner foram plantando outros rebentos. Um single em 2015 e outro em 2018 (só divulgado digitalmente). Já este ano o duo arregaçou mangas, decidiu deixar o passado lá longe, mudar o nome, e juntar-se a Hugo Danin, que recrutou a equipa de músicos e produziu com a ajuda do João Bessa, o seu primeiro EP, no estúdio pessoal do Bessa (Miramar Sessions). O EP viu a luz do dia em Setembro de 2019 e teve preciosas ajudas de Hugo Danin, que para além de produzir, gravou bateria e percussão, António Casado, que se encarregou das guitarras, João Salcedo, que tocou piano elétrico e acordeão, e Sérgio “Ginho” Marques a quem coube o baixo.

O futuro é para a frente. Aprende-se com o que o passado nos legou e contornam-se as dificuldades. Quando se tem fé e gosto na arte, tudo fica mais fácil. Tem o saber fazer adquirido, mas acima de tudo uma vontade de fazer melhor. Prova disso foi o seu prémio de vencedores no Rootstock 2020 e o reconhecimento como melhor banda indie 2020 pela revista americana Blue Rhymez Entertainment.

Em 2021 presentearam-nos com dois singles, “Noa” e “You don’t remember anymore” que servem como carta de apresentação para o seu novo álbum “Roots”, com data de lançamento prevista para 2022.

Estilo principal: Indie pop
Estilos adicionais: pop, folk, acustico, country

Marco Brantner – Vocalista/guitarra
Evita Brantner – Vocalista
João Arieira – Baterista
Jorge Rasteiro – Guitarra Electrica
João Rangel – Baixo
Filipe Alturas – Teclado/voz